... É só clicar no titulo do Blog, ( Em casa de poeta, o importante é sonhar!) que ele disponibiliza todo o conteúdo. Eu, acho que vale a pena. Acho também que a troca seria perfeita se deixassem um comentário, eu adoraria! Mara Araujo





domingo, 22 de novembro de 2009


Apenas humano


Hoje me rendo diante do vil, do ordinário humano que sou, tão preso a esta vida e aos meus cinco sentidos que ampliei sem sequer perceber. Sentidos que se sobrepõe acima de todas as questões e de toda essa intelectualidade presumida. Acima de todos os volteios, os rodeios, de todas as trapaças. Racionalidade absurda, infinita e grave. Rendo-me ao que resta... E parece-me, tão pouco

Um comentário:

WAGNER MANSOLELLI disse...

Belas escritas poeta... verdades cunhadas a pena e papel!