... É só clicar no titulo do Blog, ( Em casa de poeta, o importante é sonhar!) que ele disponibiliza todo o conteúdo. Eu, acho que vale a pena. Acho também que a troca seria perfeita se deixassem um comentário, eu adoraria! Mara Araujo





quinta-feira, 1 de outubro de 2009


Feitos e efeitos


Uso fala, sentimentos, pessoas e historias, para compor. Não sou confiável, olhando de lado, olhando mais dentro... Giro sempre em torno de sensações, de feitos, efeitos e fluidos, numa fome de ideias que risco rápido e preciso para não esquecer. Invado profundamente e cavo raízes com as mãos sujando as unhas de uma terra vermelha, da cor do apetite, da indolência, ou da ausência. Faço amor pelos cantos das portas, como segredo, como surpresa, em baixo da mesa, das escadas e desvendo tudo que me permito encontrar. Movimento vertiginoso e impuro, cheio de delírios, de furto, de geografias, sons, gostos e acidentes. Descentrada, misturada e hábil nos deslizes. Cheia de caracóis, de guelras e escamas, queimando qualquer incêndio de qualquer pecado, de qualquer cidade de qualquer pudor. Provocando sempre com essa fartura de dedos, de melaço, de seios, de panos, de intimidade, onde me movimento nua, ungida, fecunda e cruel a espalhar medo, salamandras, gestos, traços, margaridas, orgasmos e ecos... De qualquer crime

3 comentários:

Jorge das Neves disse...

MARA, “mulher feliz de bem com a vida”,
MARAvilha, por isso tão querida.

Parabéns pela prosa-poética de seu blog.
Beijos da distante Maceió
Jo®ge
http://jorgedasneves.com

rai2007 disse...

Adoro ler o que escreves. Tem um estilo bem definido, marcado por uma personalidade forte e guerreira.

rai2007 disse...

Louca,ouço estampidos na próxima esquina,após a meia-noite.
Dentro dos meus olhos acesos, a noite passa veloz e úmida.
Secos,meus ouvidos são cheios do eco das ruas e das vidraças quebradas.
Eu nada sei do calibre das armas nas mãos dos homens. Sei apenas amá-los e desarmá-los nas minhas lembranças.