... É só clicar no titulo do Blog, ( Em casa de poeta, o importante é sonhar!) que ele disponibiliza todo o conteúdo. Eu, acho que vale a pena. Acho também que a troca seria perfeita se deixassem um comentário, eu adoraria! Mara Araujo





terça-feira, 15 de setembro de 2009


Meus versos

Meus versos nascem por uma necessidade, imposta, gritante, cortante, que me depõe, me propõe e me embarga. Uma urgência de parto. Nascem fragmentados ou inteiros, feito um raio, uma luz inesperada e aflita, cheios de magnitude, queimando ardentes. Nascem de uma frase um olhar, um pensamento, um sentimento, uma saudade. Mas, nascem quando querem, com vontade própria, e é sempre uma surpresa pra mim, um ensinamento, uma historia de vida, que me absorve, me orienta, envolve e seduz. Meus versos, são meninos querendo brincar. São crianças que nascem pulando imperiosas de um tempo prenhe de paixão, de vida e sentimentos reais

3 comentários:

RENATO . TOUZPIN disse...

muiyo bommmmm... parabéns!! lindos versos...

milla disse...

Um grande beijo para alguem que não desperdiça a vida de uma forma vazia, pelo contrário, a tua cratividade enche a vida de outros. Consegui sonhar, e viajar num arco-iris, de nebulosa em nebulosa, saborear algumas estrelas...e sentada na lua, balancei, balancei.... voltei à terra....acordei!

brih disse...

Que seus versos nascam sempre dessa forma...puro..cristalino e sobretudo muito humano...vai na alma...sem palavras pra definir essa grandeza q trazes dentro de ti...que os Deuses te abençoem sempre....