... É só clicar no titulo do Blog, ( Em casa de poeta, o importante é sonhar!) que ele disponibiliza todo o conteúdo. Eu, acho que vale a pena. Acho também que a troca seria perfeita se deixassem um comentário, eu adoraria! Mara Araujo





sexta-feira, 21 de novembro de 2008


Trinado...

Ah alma de mim apartada no escuro da noite brava enquanto dormia o sol, e a lua se escondia! Angustia de sobre vida. Noite mascarada que me arranca você no silencio do sono covarde e fria. Enquanto ainda sinto seu corpo, suas mãos e escuto sua voz que brinca, sussurra sorri não me deixando dormir. Ah trinado aflito que me enlouquece! Porque... Porque me afundei no mais escuro do sono... Não te entrelacei na alma pra te proteger, te guardar te livrar da morte escura, véu negro que te arrebatava silenciosa e ciumenta, enquanto dormias com as pernas sobre mim. Ah alma de mim apartada no negrume da noite quieta...

Um comentário:

MARCOS LEITE disse...

minha linda,gotei de suas profundas palavras,gostei!

minha linda amiga,entre em meu blog,e veja minhas poesias!

http://reefugio.blogspot.com

deise seus comentarios!pois sera uma hora ter suas palavras em meu blog!