... É só clicar no titulo do Blog, ( Em casa de poeta, o importante é sonhar!) que ele disponibiliza todo o conteúdo. Eu, acho que vale a pena. Acho também que a troca seria perfeita se deixassem um comentário, eu adoraria! Mara Araujo





domingo, 21 de setembro de 2008


Nudez


Insensatez, engulhos, plenitude... Sensações já vividas, já sentidas claras cruas e nuas. Conheço de cor. O corpo, a pele, os poros, as veias que latejam. O vazio, a ausência, a urgência... A falta de ar! Desligo a televisão. Não quero cores. Não quero vozes. Quero o instante que me pertence e que me fala quem sou, ao mergulhar em um mar de emoções. Sem medo da dor. Quero sentir. Quero a intensidade do silencio! Que recaia sobre mim o peso de todas as vontades, que me invada, que me absorva toda a ironia, todo um estado atual. Portas trancadas a sete chaves, que escancaro! Que a necessidade do outro me inunde, me insulte, me humilhe... Dentro dessa profusão de sentimentos que me despem gritando. Preciso sentir essa dor retalhada. Quero que todos os desejos, que todas as vontades, toda a fome me devore em carne viva. Quero silencio para o meu estado de alma. Quero sentir minha nudez. Quero chegar ao limite do grito, Lúcida!!!

2 comentários:

Márcia disse...

NUDEZ
É LINDÍSSIMA...
ADOREI O SEU BLOG
AMEI TUDO O QUE VÍ...
BJS.

Márcia disse...

AMO O QUE VC ESCREVE.
POR FAVOR Ñ PARE...
APESAR DE TANTAS TRISTEZAS EXISTENTES, AINDA EXISTEM PESSOAS QUE COMO VOCÊ AMÊNIZA AS NOSSOS SOFRIMENTOS COM PALAVRAS TÃO DOCES.

TE AMO. BJS.