... É só clicar no titulo do Blog, ( Em casa de poeta, o importante é sonhar!) que ele disponibiliza todo o conteúdo. Eu, acho que vale a pena. Acho também que a troca seria perfeita se deixassem um comentário, eu adoraria! Mara Araujo





terça-feira, 31 de maio de 2011

Nostalgia

Outono largo e ressequido, onde voam pardais. Choram Marias, choram Joaquins e chove no fim da tarde como a pressentir o inverno, frio, cortante como dor. Boca grande e ressequida, que aguçam vontades e uma lavra de palavras quentes que agitam, que gritam a grandiosidade do instante enquanto a barriga dói... Quero parar! Quero dormir, ficar só, ir embora, sair do lugar comum, largar panos, paredes e cheiros. Não te ver, não falar, não estar a me perguntar o tempo todo o que pensas, o que sentes, o que queres, e parar de ficar tentando desvendar-lhe o olhar... Parar de ficar me perguntando o tempo todo como ficarias sem mim que não sei como viveria sem ti, como ficaria sem ti... Não sei, não sei, não sei! Estou cansada, farta, exausta de tantos pensamentos a virar me na cabeça como fogo, de querer agitar, buscar entender, latejar, desejar e mais, e mais e mais... Basta, chega desse estar só, dessa ausência acompanhada, desse romper sempre, desse cansaço que me persegue como medo, desde que escurece ao meio dia a meia noite de todas as horas. Preciso parar, dormir, acabar, deixar de ser mais um, mais um, mais um...

Um comentário:

Amanda Lemos disse...

Gostei bastante do Blog.
Muito interessante !

É bom ver a cada dia que passa mais originalidade nessa "blogosfera". :)

Deixo o meu aqui caso queira dar uma olhada, seguir..;
http://bolgdoano.blogspot.com/

Muito Obrigada, desde já !