... É só clicar no titulo do Blog, ( Em casa de poeta, o importante é sonhar!) que ele disponibiliza todo o conteúdo. Eu, acho que vale a pena. Acho também que a troca seria perfeita se deixassem um comentário, eu adoraria! Mara Araujo





domingo, 5 de julho de 2009


Meu amor...

Como se eu não te conhecesse... As profundidades abissais desse mar meramente humano que és. Labirintos bifurcados e alguns aromas de antigos verões. Fluidos viscerais nessa tragédia de viver, de saber, conter... Querer, sentir e ter medo! Como se eu não te conhecesse... Falsos deuses e tarântulas, a compor um teatro de variedades onde brincam sonhos, que se quebram nos espelhos de um rio, que leva, lava e purifica. Como se eu não te conhecesse... Um riscado de vontades de um mapa antigo que acomodas nos lençóis. Fogueira, ciladas, danos, gemidos e sonhos. Misturas turbulentas que esconde, nos pelos, no sexo, no sorriso e no quente da boca. Saudades e entrega. A lágrima e o medo que tranca nos escuros dos armários em seus fundos abissais. Como se eu não te conhecesse... O rosto que te compõe ... E te esconde

Um comentário:

Sr: KeKe! disse...

Obrigado, estou me conhecendo depois que conheci você... nuitos beijos!