... É só clicar no titulo do Blog, ( Em casa de poeta, o importante é sonhar!) que ele disponibiliza todo o conteúdo. Eu, acho que vale a pena. Acho também que a troca seria perfeita se deixassem um comentário, eu adoraria! Mara Araujo





quinta-feira, 25 de setembro de 2008


Alinhavo...



Um aperto no peito necessário. Um ajuste na alma machucada. Vamos sedar... Soltam se barras, bainhas e artérias expostas. O coração na mão! Fechando, costura-se vida! Safena-se aqui e ali, criam-se pontes para passar, para aguentar um sangue meio adocicado, meio melado... Para ter onde segurar, e agarramos vida! Delimitando espaços sonhos e algumas abstrações. Extirpam-se pedaços, um pouco de nós, nos deixando mais fragilizados, mais ajustados, menos encorpados, mais atrapalhados, mais atordoados... Mais crentes, mais urgentes, descontentes, insuficientes... Somos frágeis pacíficos e constrangidos. Estamos a mercê de um limite qualquer dentro desse mistério. Clamamos vida!! E alguma pequena porção de fé...

Um comentário:

Moacir Cardoso disse...

Mara!!!
Vc escreve muito bemmm....
Me rendo....
Amei te ler;;;